A versão vegana do tradicional pão de queijo. Vocês vão se deliciar com essas bolinhas crocantes por fora, macias por dentro e super saborosas, com um requeijão vegano que é um sucesso.

Pão de Quê

Você vai precisar de:

2 xicaras de purê de mandioquinha (batata baroa, umas 500g)
1 ½ xicara de polvilho doce
1/2 xicara de polvilho azedo
¾ xicara de NAVEIA
1 colher de sopa de azeite
2 colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento biológico (opcional)
1 colher de chá de levedo de cerveja
1 colher de chá de cúrcuma em pó

Modo de fazer:

1 – Prepare o puré de mandioquinha.
2 – Em uma tigela coloque os polvilhos.
3 – Ferva o deleite Naveia e adicione na tigela com polvilhos misturando bem.
4 – Acrescente os demais ingredientes e amasse até a mistura ficar homogênea.
5 – Faça bolinhas e coloque em uma tabuleiro.
6 – Asse em forno pré-aquecido a 200C por aproximadamente 25..30 min.

Sua geladeira as vezes fica cheia de potinhos e pratinhos com restos de refeições que você não está afim de comer? 

É o fim do desperdício.
Transformar esses restinhos em um delicioso pão de quê é uma ótima solução, basta transformar todo “restô” em um puré com ajuda de um liquidificador ou processador e adicionar os polvilhos, Naveia e algum tempero, se precisar.
Já fiz pão de quê com arroz, lentilha, todas as raízes, abóbora, outros vegetais, folhas refogadas, sopas, resto de farofa e até com macarrão. Acho que com quase tudo é possível.
E você qual foi a transformação mais ousada que criou com os restos das refeições?



Requeijão

Você vai precisar de:

150g de inhame cozido
70ml de Naveia 
1 colher de sopa de azeite
sumo de meio limão
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de levedo de cerveja
1 pitada de pimenta do reino (opcional)
Para decorar:
Ervas frescas como: cebolinha, salsa ou sálvia (opcional)


Modo de fazer:

1 – Bata tudo no liquidificador até ficar homogêneo.
2 – Decore com ervas frescas e esta prontinho.




O segredo das receitas deliciosas.

Você já reparou que toda receita super deliciosa de chefs tem algum ingrediente com sabor adocicado na receita salgada e aquela pitadinha de sal na receita doce?

Isso não é por acaso, na nossa língua temos receptores de 5 sabores: salgado, doce, amargo, azedo e picante. Quando colocamos equilibramos em uma receita todos esses sabores, mesmo que numa pitada, a magia do “Huuuummm…” acontece. Se o prato que você estiver preparando está meio sem graça e você não sabe dizer o que esta faltando, lembre desses 5 sabores, eles vão te ajudar a equilibrar sua receita e deixa-la mais saborosa.

Nessa receita por exemplo temos o inhame e o Naveia como elementos doces, o limão como azedo, o sal como salgado, o levedo de cerveja como amargo e a pimenta do reino como picante. O azeite e a Naveia entram com a gordura que deixa todos sabores mais envolventes no nosso paladar. A erva fresca independente de qual quiser usar traz um frescor, uma elemento surpresa que não virá em todas colheradas e uma quebra de monotonia na textura do creme.

Outra dica que costumo dar em cursos e usar quando preparo os cardápios é ter cada um desses sabores mais proeminentes em diferentes pratos e texturas variadas, por exemplo uma refeição com: puré de banana da terra ( doce, cremoso) , farofa apimentada (salgado e picante, crocante), bolinho de feijão temperado com limão (salgado, azedo, macio e levemente crocante ) e salada ( amargo, frescor e crocante). 

Ficou com fome? 
Aplique essas dicas nas suas receitas e comente o que achou.
Você vai arrasar!

Compartilhado:

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.